Monges da Trindade

Nós, Monges da Trindade, inseridos na tradição monástica, por amor de Deus, deixamos tudo, entregando a Ele toda a nossa vida, para viver com Ele e “fazer d´Ele a razão do nosso viver”, a fim de tê-Lo como o único amor dos nossos corações “até a pertença total a Ele pela união das vontades, conforme a esposa do Cântico que diz: “Eu sou do meu amado e meu amado é meu.” (Cant 6,3) Mas não buscamos a Deus sozinhos. Fazemos isso juntos, numa família de irmãos, partilhando nossas lutas e vitórias, tristezas e alegrias. Juntos, seguimos Jesus a cada dia, negando-nos a nós mesmos e enfrentando o combate próprio da vida do monge. Como o amor a Deus e ao próximo constituem uma só unidade, é na comunhão fraterna de verdadeiros irmãos que transbordamos uns para os outros o amor que bebemos de Deus. É assim que testemunhamos para o mundo aquilo que os primeiros cristãos demonstraram: “Vejam como eles se amam!” e, ao mesmo tempo, experimentamos todos os dias “como é bom, como é agradável habitar todos juntos como irmãos!” (Sl 133,1)